Os que me seguem

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

A porta


Queria muito para minha casa uma porta antiga, dessas que se compra em casas de demolição. Sei que são carérrimas e que provavelmente não conseguiria. Já estava até pensando em desistir, quando comentando com meu caseiro que queria muito ele falou: eu tenho uma porta e vou te dar.
Quase morri de felicidade, que delícia teria minha porta antiga.  Mais tarde chegou a porta, imensa, larga, branca, muito linda,  exatamente como eu gostaria: dias bandas, com portinholas de vidro e veneziana. Um sonho realizado, ufa! Presente do Ota e da Vera, dois amigos Lumiarenses.
Estamos (eu e meu marido) tirando as várias camadas de tinta dela, está ficando linda. É uma porta antiga, com certeza vai dar trabalho para colocar, vai ter um monte de consertos a fazer mais está lá. Ela vai ser a alma da casa.


Mandamos fazer um caixonete porque ela tem 2,30m de altura por 1,62 m de largura. Estou querendo pintá-la de azul, não sei. Tenho certeza de que ela sabe a cor que quer ser.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Amigos,
Comentem se tiverem vontade, eu responderei dentro do possível