Os que me seguem

terça-feira, 31 de julho de 2012

Sinusite

Sofro há 30 anos com crise de sinusite. Em 1982 tive a minha primeira crise, grávida da minha filha. Fui há uma clínica no Fonseca, mor em Niterói e lá fiz um tratamento a base de antibiótico. Tive várias crises seguidas e em uma delas, fiz um tratamento com lavagem dos seios da face. Um sofrimento infeliz, lembro até hoje do nome do médico, Dr Marco Antonio.
Melhorei uns tempos e depois nova crise e mais antibiótico. Segui assim até 2006 quando operei a coluna lombar e saí da sala de cirurgia louca de dor com uma crise brava da dita cuja.
Fui aconselhada pelo clinico geral a procurar um médico que era o banbanban, e mai uma vez fui com o coração cheio de esperança.
Esse médico constatou desvio de septo e uma infecção imensa nos seios da face, como se fosse uma porta sempre aberta para a bactéria se aninhar. Operei em 2007 com a esperança de que iria acabar com o sofrimento de longos anos.
Vou te falar uma coisa, nunca vi uma recuperação de cirurgia tão horrorosa, muito sofrimento. O curativo é sobre o bigode, porque eles enfiaram meio metro de gaze ou algodão pelo seu nariz a dentro. Aquilo ficava pingando sangue, um filme de terror. Não doía, só te dava um nervoso danado porque tem que respirar pela boca porque o nariz está obstruído com todo aquele algodão.
No dia que fui tirar o curativo, não aguentei, desmaiei e olha que eu sou dura na queda, já tinha operado a coluna lombar e feito 4 cesáreas...
Depois de alguns meses, tive nova crise. O médico falou que era alergia e fiz um tratamento homeopático mas nada me cura.
A única coisa que me dá um alívio é a injeção contra gripe, porque não gripando não tem aumento de muco e com isso não tem crise.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Amigos,
Comentem se tiverem vontade, eu responderei dentro do possível