Os que me seguem

quarta-feira, 11 de março de 2009

Pedaços de Isabel Allende


"Escrever é como fazer amor,

não te preocupes com o orgasmo,

te preocupes com o processo."

 

"A vida é puro ruído

entre os silêncios abismais.

Silêncio antes de nascer,

silêncio depois da morte."

 

"O meu trabalho consiste em criar histórias.

Teço com os fios

 da imaginação e da realidade,

 da intuição e da lógica, 

da experiência pessoal 

e a da experiência colectiva. "


"Cada livro é como uma tapeçaria com fios de muitas cores.

 Na medida do possível, o desenho deve possuir harmonia e claridade,

 e não se devem ver os nós."

"Aconteceram muitas coisas na minha família e na minha vida desde

que Paula morreu.

A mim pareceu ter chegado o momento de contar as coisas antes que eu me esqueça",

 

"Minha atual família

consiste de um grupo de pessoas de diferentes raças,

 línguas e religiões,

que não estão unidas por laços de sangue, pois decidimos

 permanecer juntos para nos ajudar e   celebrar a vida". 

 

"Onde está meu

 marido e minha família,

 esse é o meu lar.

Vou ao Chile

 várias vezes por ano e sinto que tenho um pé lá e outro lá, mas, na realidade,

minhas raízes

 estão em meus livros, mais do que em qualquer

lugar geográfico".

 

 

” A vida não é uma fotografia, em que preparamos as coisas para que fiquem bem e em seguida fixamos uma imagem para a posterioridade;

 é um processo sujo, desordenado, rápido, cheio de imprevistos. A única coisa certa é que tudo muda.”     

 

"...As mulheres gostam que lhes digam

Palavras de amor.

O ponto G está nos ouvidos.

Inútil procurá-lo em outro lugar..."

 

"O meticuloso exercício da escrita pode ser a nossa salvação”.

 

Apetite e sexo

são os grandes motores da história, preservam e propagam a espécie, provocam guerras e canções,

influenciam religiões, lei e arte.

 

“Parece que dando forma a esta devastação poderei ajudar você e me ajudar." Para Paula

 

“Todos os anos saímos

de férias

em família para algum

 lugar distante,

onde não tenha televisão, internet, celulares,

 nada disso,

e nos obrigamos a

 conversar, ler e nos divertir juntos.

Isso nos uniu bastante.”


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Amigos,
Comentem se tiverem vontade, eu responderei dentro do possível